ONDE ABUNDOU O PECADO SUPERABUNDOU A GRAÇA


No livro de Gênesis, no capítulo três, lemos sobre o primeiro ato de desobediência cometido após a criação. Eva deixou com que o "eu" interior a dominasse.  Influenciada pelas astutas ciladas de satanás, ali em forma de serpente. Foi atraída pelo desejo do conhecimento além daquele que Deus assim designara. Adão e Eva desfrutavam do jardim do Éden que era um paraíso, "lugar aprazível"- onde o clima é ameno, há abundância de alimentos e recursos, não há guerras, doenças ou mortes. E além de tudo perfeito ainda tinham comunhão com Deus, eram perfeitos sem pecados!

A única ordem que Deus tinha dado para que desfrutassem de toda criação era que não comessem o fruto da árvore do conhecimento do bem e do mal. A tentação de desobedecer envolvia obter o conhecimento antes de aprender a obedecer.

A desobediência não resultou em maldições apenas para o primeiro casal, mas sim para toda a humanidade.

Perdemos o paraíso, a comunhão com Deus foi quebrada, fomos condenados a morte física e espiritual.

Muitas vezes temos o costume de dizer:- Culpa de Adão e Eva! Mas sempre insistimos em ir até a árvore proibida e comemos o seu fruto. Não literalmente é claro! Comemos o fruto proibido todas as vezes que desobedecemos a Deus, agindo segundo a nossa vontade e não a vontade boa, perfeita e agradável do Senhor.

Da mesma maneira que satanás enganou Adão e Eva, ele continua investindo seu engano em nossas vidas. Seu objetivo é: que sirvamos um "deus" a nossa imagem e semelhança, e não sermos a imagem e semelhança de Deus.

" Mas Deus, sendo rico em misericórdia, por causa do grande amor com que nos amou, e estando nós mortos em nossos delitos, nos deu vida juntamente com Cristo, - pela graça sois salvos ". (Efésios 2:4 e 5)

No mesmo capítulo, versículo 15, lemos a promessa da salvação.
Então o paraíso perdido, a comunhão quebrada e a vida separada de Deus, nos são restabelecidos novamente em Jesus.

[...] O primeiro homem fracassou no paraíso, mas Jesus venceu no deserto!

" Portanto, assim como por um só homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado, a morte, assim também a morte passou a todos os homens, porque todos pecaram ".

" Porque até no regime da lei havia pecado no mundo, mas o pecado não é levado em conta quando não há lei ".

" Entretanto, reinou a morte desde Adão até Moisés, mesmo sobre aqueles que não pecaram à semelhança da transgressão de Adão, o qual prefigurava aquele que havia de vir ".

" Todavia , não é assim o dom gratuito como a ofensa: porque, se, pela ofensa de um só homem, Jesus Cristo, foram abundantes sobre muitos ".
( Romanos 5:12-15 )

Recebemos a graça o favor imerecido por intermédio de Jesus. Valorizemos então essa graça para que através dela tenhamos a salvação, andando de acordo com a Palavra de Deus, sendo assim testemunhos vivos do seu reino a todos que nos cercam.

[...] Adão se insurge, Cristo se submete!

Não seja insurgente. Submeta-se a Palavra do Senhor, assim como Cristo se submeteu.

Por Ângela Harder
Link: https://www.facebook.com/groups/90diasdebiblia/permalink/1096806140350773