#20 DEVOCIONAL - EU E VOCÊ, TODOS NÓS FAZEMOS PARTE DO PLANO DE SALVAÇÃO


"E disse o Senhor: Tens compaixão da planta que te não custou trabalho, a qual não fizeste crescer, que numa noite nasceu e numa noite pereceu; e não hei de eu ter compaixão da grande cidade de Nínive, em que há mais de cento e vinte mil pessoas, que não sabem discernir entre a mão direita e a mão esquerda, e também muitos animais? (Jonas 4:10-11)

Se você perguntar para as pessoas sobre o livro de Jonas, certamente responderão sobre a história do peixe que engoliu o profeta, pois esse não obedeceu a Deus. Essa seria também a minha resposta antes de ler e reler pra escrever esse devocional. Muitas vezes lemos a Bíblia e não nos atentamos aos detalhes dos capítulos e o quanto Deus fala conosco quando damos a devida atenção que a Palavra requer.

O que me chamou a atenção foi o amor de Deus para com as pessoas e não simplesmente com as pessoas “boazinhas” mas com outro tipo de pessoas que não conhecem Jesus, e acabam mergulhadas no pecado.

Quando Deus envia Jonas para pregar em Nínive, dando a chance ao arrependimento daquele povo, lemos que Jonas foge evitando assim pregar para aquela cidade, achando-se melhor que aquele povo pecador.

Quantas vezes nos sentimos como Jonas, julgando ser melhor que o outro e achando que só nós merecemos a misericórdia de Deus. Quanto julgamento fazemos do próximo em nossos corações. E conhecendo o que diz na Bíblia em Marcos 12:31 “Amarás o teu próximo como a ti mesmo”.

Deus ama a todos nós, o que Deus não ama é o pecado. Em Romanos 5:8 diz: “Mas Deus prova o seu amor para conosco em que Cristo morreu por nós, sendo ainda pecadores”.

Então Deus ama aquele vizinho que te ofendeu; Deus ama aquele ladrão que te roubou; Deus ama aquele parente que te caluniou; Deus ama o seu ex-patrão que te mandou embora injustamente; Deus ama os políticos corruptos do mesmo jeito que Ele te ama, não se ache melhor que ninguém. Em Marcos 2:17 disse Jesus: “Os sãos não necessitam de médico, mas sim os que estão doentes; eu não vim chamar os justos, mas sim os pecadores”.

Jonas não queria pregar para os perdidos, ele estava com coração endurecido e insensível aos planos de Deus, e quantas vezes se encontramos nessa situação, no nosso mundo egoísta querendo ouvir apenas a nós mesmos e a voz de Deus deixamos de lado sendo insensíveis e não atentos a responsabilidades que temos em pregar o evangelho aos que necessitam. Ezequiel 3:18 nos advertiu dessa responsabilidade: “Quando eu disser ao perverso: Certamente, morrerás, e tu não o avisares e nada disseres para o advertir do seu mau caminho, para lhe salvar a vida, esse perverso morrerá na sua iniquidade, mas o seu sangue da tua mão o requererei”. Doeu em você? Em mim doeu muito!

Deus mostrou a Jonas o seu amor pela criação, quando fez uma planta crescer sobre o lugar onde Jonas estava sentado. Jonas gostou da sombra que a planta lhe proporcionava. No dia seguinte, Deus deixou a planta secar, e Jonas sentiu muito pela planta. Deus deixou claro que o profeta estava aflito pela perda de uma simples planta, na qual nada havia investido. Deus usou essa situação a fim de ilustrar para Jonas o quanto Ele lastima quaisquer danos à sua criação, até mesmo as pessoas pecadoras de Nínive.

Romanos 2:11 diz: "porque, para com Deus, não há acepção de pessoas", nós sim fazemos diferença com uma pessoa e outra, pra Deus ninivitas e hebreus, ricos e pobres, brancos e negros, eu e você somos todos alvos da misericórdia de Deus, e todo aquele que se arrepende e muda de conduta tem a porta aberta ao Seu perdão.

Amém, glória a Deus!

"Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna".
João 3:16

Por Angela Harder
Leia post original aqui.