O AMOR DE DEUS E O AMOR DO MUNDO


Hoje em dia muito se tem falado sobre o amor. Há uma guerra que dizem ser pela livre expressão do amor, seja ela da maneira que for, afinal é amor, e Deus é amor.

Será que essa é realmente uma verdade válida?

DEUS REALMENTE É AMOR.

Mas será que, o amor que tantos tem professado, é verdadeiramente o MESMO AMOR DE DEUS?

Em nossos dias tem se perdido o significado do amor, a sua banalização tem tornado todas as coisas confusas, pois muito têm-se confundido com outros sentimentos, que são gerados pela irracionalidade e imediatismo da mente humana, esquecendo-se que amor é um propósito, e que o mesmo só pode ser realmente conhecido e vivido, quando este, o AMOR, vem de seu AUTOR, do seu CRIADOR, ou seja, vem do próprio DEUS.

Dizer que ama à Deus é algo muito vago para justificar uma forma de amor distorcida, e é extremamente inútil. Porque o verdadeiro amor, gera atitudes, quando não há atitudes que justifique o amor, o mesmo se torna mentiroso e faccioso.

Amarás o Senhor teu DEUS acima de todas as coisas, o primeiro mandamento, mas como demostramos este amor? Se guardares Meus mandamentos, permanecereis no Meu amor... (Jesus), e “Se Me amais, guardai os Meus Mandamentos”. Esta é única maneira de realmente e verdadeiramente demostrar seu amor por Deus. 

Amor à Deus, implica em guardar seus mandamentos, quando isto acontece, descobrimos que nossos desejos, vontades, paixões, e tudo o mais QUE NOS AGRADA, ficam em segundo lugar.

“BUSCAI PRIMEIRAMENTE O REINO DE DEUS E A SUA JUSTIÇA...” (Mt 6.33)

O amor é a vontade de estar sempre perto, de agradar o amado em tudo o que se faz, de não importa o que aconteça, ou qual seja a situação, você estará disposto a estar com o amado, um ato de entrega, de rendição, ISSO É O VERDADEIRO AMOR, que está disposto a pegar a sua cruz, e seguir, negando-se a si mesmo, estando disposto a morrer, por este amor.

Agora analise você mesmo sua medida de amor. Sua profissão de amor, qual tem sido sua medida?

O seu amor tem, em PRIMEIRO LUGAR, sido direcionado à Deus? Se você diz que sim , o seu amor, tem buscado viver seus MANDAMENTOS? Se você diz que sim, seu amor tem te direcionado a buscar primeiramente o REINO DE DEUS E A SUA JUSTIÇA? Se você diz que sim, o seu amor tem te dirigido a NEGAR-SE A SI MESMO, e estando disposto a morrer por este amor à DEUS?

Agora, um dos principais pontos, NEGAR-SE A SI MESMO, dizer que tenho Deus em meu coração é muito fácil, e qualquer um pode dizer isso, mas O AMOR SÓ PODE SER PROVADO POR ATITUDES, Deus provou Seu amor por nós, enviando Seu filho Unigênito ao mundo para morrer em favor do mundo, afim de que todo o que n’Ele Crer, não pereça, mas tenha a vida eterna.

O AMOR DE DEUS gerou uma atitude, e nosso amor por Ele também gera em nós uma atitude: NEGAR-SE A SI MESMO.

Antes de dizer que ama a Deus e o tem em seu coração, pense se o que você professa é realmente o AMOR DE DEUS, todo o resto, aquilo que está fora dos padrões dos mandamentos de Deus, não é considerado amor, pois não provém de Seu Criador: DEUS.